Gestor de Projecto - Projecto PESIDE (m/f)

Type:
Full-Time
Country:
Guiné-Bissau
Place:
Bafatá
Published in:
2021-07-15
Expires in:
2021-07-31

A FEC - Fundação Fé e Cooperação é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) com estatuto de Utilidade Pública. Atua na área da Cooperação para o Desenvolvimento, sobretudo na Guiné-Bissau, em Angola e em Moçambique, tendo como eixos estratégicos de transformação social: Educação, Conhecimento e Competências; Boa Governação e Advocacia e Cidadania Global e Direitos Humanos. Conta com financiamentos da Cooperação Portuguesa, Fundação Calouste Gulbenkian e de organismos internacionais, como a União Europeia, UNICEF, entre outros.

OBJETIVO GERAL DA FUNÇÃO

O GESTOR DE PROJETO (GPROJ-PESIDE) é responsável pela gestão, acompanhamento e implementação global do projeto nas dimensões técnica, financeira e de recursos humanos.

POSIÇÃO NA ORGANIZAÇÃO

  • Reporta ao Gestor do Programa de Educação (GPROG-EDUC).
  • Reportam ao GPROJ-PESIDE os técnicos sob a sua responsabilidade (Assessor Educação, Assessor Informática, TFGAE).
  • Colabora com o Gestor Administrativo e Financeiro (GAF) em Bissau e Lisboa, com o Desk Officer Supervisão e Avaliação (DOSA), com o Técnico de Procurement e Financeiro (TPF) e com o Gestor de Projetos em Portugal (GP-PT), com vista a garantir a boa execução técnica e de recursos.

PRINCIPAIS RESPONSABILIDADES

A) Gestão e acompanhamento técnico

  • Garante o cumprimento dos objetivos e metas do projeto;
  • Acompanha e monitoriza a implementação do projeto através de instrumentos de gestão FEC, analisando pareceres, indicadores e tendências e propondo modificações à intervenção quando necessário;
  • Garante o cumprimento dos princípios e regras de procurement dos financiadores, na contratação de serviços, fornecimentos e obras.
  • Assegura o arquivo físico e digital relativo ao projeto seguindo os procedimentos da FEC;
  • Reporta as atividades do projeto, através de instrumentos de monitorização mensal e mantém atualizado o cronograma das atividades;
  • Participa em reuniões com parceiros para retorno da execução técnica e financeira do projeto;
  • Lidera, acompanha e garante a qualidade dos produtos previstos no projeto;
  • Assegura que resultados relevantes, melhores práticas e lições aprendidas são difundidos entre a equipa de projeto, parceiros, beneficiários e doadores;
  • Participa, analisa e dá retorno a todos os documentos relacionados com o projeto.

B) Gestão de equipa

  • Coordena e supervisiona a equipa que lhe reporta, estabelecendo linhas de orientação e cumprimento das responsabilidades no âmbito dos termos de referência de cada função;
  • Implementa o Manual de Procedimentos da FEC e garante a divulgação e cumprimento dos Códigos da FEC;
  • Coordena as reuniões de equipa relativamente às das atividades sob sua responsabilidade;
  • Participa no processo de recrutamento e contratação e avaliação desempenho dos recursos humanos da equipa que lhe reporta;
  • Identifica necessidades de formação da equipa e participa na implementação de procedimentos de apoio ao desenvolvimento profissional de cada um;
  • Aprova e gere o mapa de férias e compensações dos colaboradores de reporte direto;
  • Contribui para a criação de condições de bom funcionamento e de bom ambiente de trabalho da equipa na Guiné-Bissau, de acordo com manual de procedimentos FEC, tendo em conta as linhas de orientação estabelecidas pelo Representante FEC-GB;

C) Gestão financeira 

  • Mantém informação atualizada sobre a execução financeira do projeto, em articulação com o GAF; 
  • Assegura em estreita colaboração com o GAF que os parceiros cumprem as regras financeiras estabelecidas em protocolo; 
  • Dá feedback mensal sobre a execução financeira com a colaboração do GPROG-EDUC e do GAF; 
  • Elabora mapas previsionais de despesas para obtenção atempada de fundos de maneio; 
  • Apoia a fundamentação técnica para a elaboração dos relatórios de prestação de contas aos financiadores do projeto, em conjunto com o GAF na Guiné-Bissau. 

D) Monitorização e avaliação 

  • Implementa os instrumentos de diagnóstico, monitorização e avaliação definidos e orienta a sua equipa relativamente à recolha e compilação dos dados; 
  • Garante a recolha, tratamento e sistematização atempado e rigoroso dos dados decorrentes da aplicação de instrumentos de avaliação do projeto; 
  • Reorienta a equipa em função da análise dos dados em conjunto com equipa; 
  • Elabora os relatórios técnicos, com o apoio dos Assessores de Educação (AE) e de Informática (AI), bem como do Técnico de Gestão e Administração Escolar (TGAE) através de uma análise crítica aos dados recolhidos e resultados atingidos pelo projeto;
  • Colabora com as missões de monitorização e avaliação (intercalares e final).

E) Gestão de parcerias, comunicação e imagem

  • Gere as relações institucionais (Ministério da Educação e respetivas direções de serviço, outros atores relevantes para o projeto, Comité de Acompanhamento Estratégico, grupos de trabalho dos setores educativo e estatístico) e interface com União Europeia;
  • Participa nas reuniões de projeto (com parceiros, financiador, organizações governamentais);
  • Colabora com o Técnico de Comunicação (TCOM) no desenho do Plano de Comunicação do projeto e garante cumprimento do mesmo;
  • Articula com o TCOM a implementação e divulgação das atividades do projeto, após validação;
  • Assegura a implementação dos termos de divulgação e comunicação do apoio de financiadores e parceiros associados à intervenção, respeitando os requisitos de visibilidade dos financiadores;
  • Colabora na criação de condições para promover o bom-nome da instituição junto da comunidade, público-alvo e parceiros da FEC.

F) Produtos esperados e data de apresentação

  • Dossiês técnicos de projeto (em suporte digital e em papel) – atualização regular;
  • Dossiês de procurement (em suporte digital e em papel) – atualização regular;
  • Instrumento de Monitorização IM – atualização mensal;
  • Cronograma de atividades – atualização mensal;
  • Baseline do programa – no final de 1º trimestre
  • Plano de comunicação – no final do 1º trimestre;
  • Produtos do Projeto (validação no tempo e qualidade) – atividade regular;
  • Relatórios técnicos – de acordo com calendário definido com financiadores e parceiros;
  • Orçamento mensal;
  • Análise técnica mensal da Execução financeira (Mango) –
  • Matriz de tarefas e procedimentos relativos às suas funções em suporte digital – em períodos de ausências prolongada (caso de férias) e no final do tempo de contrato.

REQUISITOS ESSENCIAIS

  • Formação Superior em Gestão, Engenharia, ou experiência comprovada em funções similares;
  • Conhecimento da metodologia de gestão de ciclo do projeto;
  • Conhecimento e experiência em gestão e tratamento de dados e estatística;
  • Conhecimentos de sistemas de informação e gestão de redes de dados;
  • Experiência na gestão de projetos e equipas de trabalho (pelo menos 5 anos);
  • Experiência na gestão de projetos (preferencial financiados pela União Europeia);
  • Experiência de trabalho na conceção e/ou gestão de sistemas de informação e de dados e ou no setor educativo (preferencial);
  • Experiência de trabalho em países em desenvolvimento, em especial países africanos (pelo menos 3 ano).
  • Fluência em Português e Inglês;
  • Disponibilidade para viajar nos países de intervenção FEC, de acordo com as necessidades;
  • Compromisso com a luta contra a pobreza.

Condições contratuais

Contrato de Trabalho: 40 horas semanais
Local: Bafatá com deslocações frequentes a outras regiões
Duração: 66 meses

Prazo de submissão da candidatura: 31 de Julho de 2021

Consultar os Termos de Referência aqui.